Logo
BUSCA RÁPIDA LINKS ÚTEIS MAPA DO SITE
  HOME PAGE FALECONOSCO
Quem somos Curso de Formação Cursos Breves Eventos Ação Social Artigos Acervo Espaço para Eventos
CEFAC
  TEXTO  

O REPARO DE DANOS NA CONJUGALIDADE

Uma relação longa e duradoura, por mais amorosa e desejada, pode tornar-se vulnerável e falível, proporcionando mágoas, dores, sofrimentos e danos ao longo do tempo. Sendo assim, o reparo de danos na conjugalidade é um dos aspectos terapêuticos de maior relevância para a continuidade e possibilidade de um casal. Afinal, existe um ser humano perfeito e infalível? Ou somos perfeitamente imperfeitos?

Os significados dos danos causados pelos casais podem ser de ordem sistêmica e/ ou individual. Nem sempre os danos significam apenas o que cada um deixou faltar para o outro na conjugalidade, mas também o que cada um precisa e escolhe viver para si, apesar e além do outro.

É uma visão parcial e vitimista, depositar no outro a culpa pelo dano causado. Às vezes, é uma forma cruel e tirana de não se implicar e não assumir as consequências da construção pessoal desse dano. Pelo profundo viés do enfoque apreciativo da epistemologia sistêmica, estamos todos implicados, enredados e temos uma responsabilidade relacional em todas as construções de vínculos e de realidade vividas.

Reparar danos é, primeiramente, admitir a própria implicação no dano construído e sair da pontuação, vitimização e da culpabilização do outro. Um casal capaz de reconhecer o dano causado, colocar-se no lugar da dor do outro, disponibilizar-se e comprometer-se para minimizar, suavizar ou reparar o dano construído, é um casal possível de seguir adiante no afeto e, até mesmo, de fortalecer o vínculo e a cumplicidade no cuidado com a relação que segue. (...)

 

((Elda Elbachá)

VEJA O ARTIGO NA ÍNTEGRA
NOVIDADES   SAIBA MAIS

»ENCONTRO DE MULTIPLICAÇÃO DE CONHECIMENTOS

A ARTEF convida todos (as) a participarem do Encontro de Multiplicação de Conhecimentos. O evento tem como objetivo compartilhar os conhecimentos adquiridos no XI Congresso de Terapia Familiar que aconteceu em São Paulo, no mês de julho de 2014.

Data: 18 de setembro de 2014
Horário: 19hs –
Local: CEFAC
Palestrantes: Djenane Bittencourt, Maria de Fátima Mônaco e Vânia Portnoi.

Confira a programação!

»CLÍNICA SOCIAL CEFAC

A CLÍNICA SOCIAL do CEFAC está sob nova coordenação. As psicoterapeutas Fátima Mônaco e Nane Bittencourt assumiram o projeto em março de 2014. A supervisão clínica estará sob a responsabilidade da psicoterapeuta Sandra Meneses e acontecerá as terças-feiras das 12h às 14h, quinzenalmente.
Os horários de atendimentos e triagem continuam os mesmos. Confira:

Atendimento:
Terças e quintas - 10 às 12h e 13 às 15h.

Triagem:
Terças- 8h às 10h

EVENTOS   SAIBA MAIS

»Participe do 4º Seminário promovido pelo CEFAC em 2014.

Tema:
 
Amor Patológico
Data: 15 de novembro de 2014
Local: CEFAC
Horário: 8h às 18h
Facilitadora: Ana Elisa Vieira
Valor: R$ 120,00 para ex-alunos do CEFAC

Para participar entre em contato com a secretaria pelo telefone: (71) 3334.3150.
OBS: Gratuito para alunos em formação

DESTAQUE   SAIBA MAIS
 
Webdesigner:Lila Nascimento







Contato: lila_nascimento@hotmail.com
Home Fale Conosco